Histórico de edições

(388)
há 4 dias
Olá, Alessandro! Entendo que não foi correta a decisão do magistrado. O arrematante apenas se torna responsável pelos débitos do bem que são posteriores à expedição da carta de arrematação.
há 4 dias
Olá, Alessandro! Entendo que não foi correta a decisão do magistrado. O arrematante apenas se torna responsável pelos débitos do bem que são posteriores à expedição da carta de arrematação.
há 4 dias
Excelente explicação. Uma duvida. Comprei um carro em hasta pública, a arrematação foi em 2020, mas por desídia, assim entendo, o juiz só homologou em 2021, e não aceitou que o adquirente não pagasse
há 6 dias
Olá, Filipe! O CTN é bem claro ao afastar esse ônus do arrematante de bens imóveis (O que se aplica, por exegese lógica, aos bens móveis). Todavia, alguns juízes entendem que o edital pode transferir
há 6 dias
Olá, Filipe! O CTN é bem claro ao afastar esse ônus do arrematante de bens imóveis (O que se aplica, por exegese lógica, aos bens móveis). Todavia, alguns juízes entendem que o edital pode transferir
há 6 dias
Muito obrigado pela explicação Dr.º, fora extremamente sucinta e clara, contudo me surgiu uma dúvida: E nos casos de leilões de Prefeituras onde os veículos possuem multas e o tribunal de constas
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Jaime
Rua Fradique Coutinho, 30/50, 3º andar - Pinheiros - São Paulo (SP) - 05416000

Jaime Batista Miranda

Rua Fradique Coutinho, 30/50, 3º andar - Pinheiros - São Paulo (SP) - 05416-000

Entrar em contato